Aprenda a montar um kit de primeiros socorros para pets - Meu Cão Velhinho

Aprenda a montar um kit de primeiros socorros para pets

Sabe aquela caixinha de remédios que as mães sempre mantinham  guardadas caso seus filhos se machucassem em alguma brincadeira, ou até mesmo pegassem uma gripe? Então, se você é mãe ou pai de pet saiba que é super importante ter essa “farmacinha” com alguns itens básicos de primeiros socorros para socorrer e cuidar do seu cachorro caso ele se machuque. Afinal, acidentes acontecem.

Como montar seu kit de primeiros socorros para pets

Aqui vão algumas sugestões de itens essenciais para você montar o seu kit de primeiro socorros

  • Gaze
  • Esparadrapo
  • Atadura
  • Algodão
  • Tesoura sem ponta
  • Termômetro
  • Luvas de látex
  • Sabão neutro (sem perfume ou corante)
  • Antisséptico com clorexidina (como Merthiolate)
  • Soro fisiológico
  • Soro fisiológico estéril (para os olhos): vendido em frascos menores, como doses únicas
  • Pinça de sobrancelha para retirar farpas ou pequenos espinhos (não deve ser compartilhada, ela é para uso exclusivo do SEU cachorro)
  • Seringa sem agulha ou conta-gotas para dar remédio na boca
  • Água oxigenada, com ela você verifica se eventuais pontos vermelhos, seja no vômito ou fezes, são marcas de sangue

Após fechar o seu kit é importante manter em fácil acesso:

  • Telefone e endereço de uma clínica veterinária ou de um médico veterinário da sua confiança, preferencialmente que ofereça atendimento 24h
  • Carteira de vacinação em dia

Limpeza de ferimentos

Outro ponto importante é a limpeza de ferimentos. Alguns machucados que os cachorros sofrem podem ser tratados pelo próprios tutores mesmos, veja só como é simples!

Se houver qualquer ferimento, seja ele um arranhão, um corte, um ralado ou uma mordida, você deve limpar a região atingida. Se a área estiver suja com terra ou grama, por exemplo, em primeiro lugar lave com água corrente e sabão neutro

Após a limpeza das sujeiras “visíveis”, limpe o ferimento com soro fisiológico e use uma gaze para remover qualquer sujeirinha remanescente, pus e sangue. Dessa forma, você conseguirá ver a extensão do machucado e decidir se é preciso levá-lo ao veterinário. 

Se a ferida for simples, basta fazer a limpeza do ferimento com algum antisséptico (tipo Merthiolate). Na sequência seque a ferida, assim você evita a proliferação de bactérias na região e ajudar na cicatrização.
Há outro ponto muito importante: NÃO faça uso de pomadas, analgésicos, antiinflamatórios e antibióticos. Esses medicamentos só devem ser utilizados sob orientação de um médico veterinário.

Autora: Bárbara Gomiero

Formada em Medicina Veterinária pela UFPR em 2006, especialista em Clínica de Pequenos Animais. Apaixonada por cães, tem um amor especial pelos cães idosos, e trabalha para levar conhecimento e informação aos seus tutores, para que esses sejam capazes de proporcionar uma excelente qualidade de vida nessa fase tão delicada de seus cãezinhos.