Biscoitos Práticos, Versáteis e Deliciosos para o seu Cão - Meu Cão Velhinho

Biscoitos Práticos, Versáteis e Deliciosos para o seu Cão

Que tal uma receita prática e fácil para fazer um agradinho para o seu cachorro? e a melhor parte é que você pode variar os ingredientes conforme a sua vontade (ou o que tiver em casa), e ter sempre um petisco diferente para ele 😉

Biscoitos caninos

Ingredientes:
2 xícaras de farinha de trigo
200g de batata doce, banana, mamão, ou cenoura em forma de purê.

Você pode usar qualquer farinha – de mandioca, de coco, de quinoa, de aveia, etc. Já o purê, também pode ser feito com quaisquer ingredientes frescos, ou até mesmo com papinha de bebê! Só não use nada que tenha alho e cebola, ou outros alimentos que possam ser tóxicos para cães (chocolate, uvas ou passas). Se o seu cão tem alguma restrição alimentar, fale com o seu veterinário antes de preparar o petisco para saber se os ingredientes são seguros.

Modo de preparo
Preaqueça o forno a 180ºC (forno baixo);
Misture os ingredientes até formar uma massa firme. Se precisar, acrescente água ou farinha para corrigir a consistência;
Estique a massa sobre uma superfície enfarinhada, e use um cortador de biscoito para fazer os biscoitos. Se não tiver, você pode modelar ou cortar usando uma faca ou copo com a boca para baixo.
Distribua os biscoitos sobre uma assadeira untada;
Asse até ficarem dourados (aproximadamente 20 minutos, mas pode ser menos; fique de olho para não queimar).

Espere esfriar completamente antes de servir ou guardar num pote. Os biscoitos podem ficar guardados por até algumas semanas, mas, se você achar que o seu cão vai demorar muito para comê-los, pode congelar as também.

O tempo de preparo é de aproximadamente 10 minutos, e rende cerca de 22 biscoitos.

Créditos: A Doggie Tale

Autora: Bárbara Gomiero

Formada em Medicina Veterinária pela UFPR em 2006, especialista em Clínica de Pequenos Animais. Apaixonada por cães, tem um amor especial pelos cães idosos, e trabalha para levar conhecimento e informação aos seus tutores, para que esses sejam capazes de proporcionar uma excelente qualidade de vida nessa fase tão delicada de seus cãezinhos.