Xixi ao Cumprimentar?

A emoção é tanta quando o tutor chega em casa, que, em meio à festa, o cão acaba deixando escapar um pouco de xixi. Por que isso acontece?

Existem dois casos em que os cães podem deixar escapar um pouquinho de xixi ao cumprimentar as pessoas e/ou outros animais: por excitação ou por submissão.

Xixi de Excitação

Alguns cães perdem temporariamente o controle sobre os seus esfíncteres quando estão muito animados. O resultado disso são algumas gotinhas ou uma poça de xixi toda vez que você chega em casa e vai cumprimentar o seu peludo. Este problema é mais comum em filhotes, e tende a ir embora sozinho quando eles amadurecem e passam a ter maior controle sobre os seus corpos. Em alguns casos, o comportamento pode permanecer no cão adulto ou idoso, se ele for um animal inseguro.

É importante que você saiba que o cão não tem controle sobre isso, e brigar com ele apenas irá fazer o problema piorar. Observe que, no caso do “xixi de alegria”, o cão deixa escapar urina enquanto corre, pula, late, e tem outros comportamentos que demonstram um alto nível de excitação.

O alto nível de excitação no momento de cumprimentar os tutores pode causar “vazamentos” involuntários.
Imagem:Dog Watch

Para corrigir os pequenos “deslizes” do seu cão, o que você precisa fazer é, justamente, diminuir o nível de excitação. Para isso, a melhor estratégia é ignorá-lo quando chegar em casa, até que ele fique calmo e tranquilo. Assim que o cachorro se acalmar, aí sim, cumprimente-o também de forma tranquila. Falar com ele forma animada demais ou que promova agitação irá desencadear os “escapes” novamente. Este exercício precisará ser repetido várias vezes, e, se possível, com diferentes pessoas, até que se obtenha o resultado desejado. Ao final do treinamento, o cão deve ser capaz de cumprimentar as pessoas de forma calma e tranquila, e, assim, os “acidentes” não acontecerão mais.

Xixi de Submissão

O cão pode também urinar para demonstrar submissão a um humano ou outro cão. É a sua forma de dizer “eu não sou uma ameaça”, ou “por favor, não me machuque”. Cães inseguros são mais propensos a este tipo de comportamento, que pode acontecer no momento de cumprimentar os tutores, quando o cão é repreendido, ou se ele se sentir ameaçado por algum motivo.

Mais uma vez, temos um comportamento que é totalmente involuntário e que não deve ser punido, sob o risco de que se agrave ainda mais. Ao invés de saltar e correr, como acontece com o cão que faz xixi por excitação, os cães que urinam por submissão apresentam comportamentos que demonstram medo, desconforto, ou submissão. São estes: virar de barriga para cima,se abaixar, desviar o olhar, lamber os beiços e colocar as orelhas para trás.

Cães que fazem xixi por submissão geralmente viram de barriga para cima, desviam o olhar, e/ou colocam as orelhas para trás.
Imagem: Banfield Pet Hospital

Para que o problema melhore, a sua primeira atitude deve ser cuidar para não parecer ameaçador demais para o seu cão. Alguns dos nossos comportamentos mais bem-intencionados podem ser assustadores para os peludos mais inseguros, por isso, evite:

  • Caminhar rapidamente em direção ao cão;
  • Se abaixar sobre ele;
  • Olhar diretamente nos olhos;
  • Passar a mão sobre a cabeça;
  • Gritar ou brigar;
  • Falar em tom de “pena”.

Por outro lado, o que você pode fazer para ajudá-lo é ajoelhar-se para falar com o cão, permitir que ele se aproxime de você (e não o contrário), desviar o olhar, e acariciá-lo sob o queixo ao invés de sobre a cabeça. Uma outra dica é treiná-lo para se sentar automaticamente quando alguém entra em casa, para que esta seja a sua nova forma de cumprimentar as pessoas. Isso lhe dará uma “missão” a cumprir, e, consequentemente, mais segurança, pois ele saberá exatamente o que é esperado dele (muitos problemas de comportamento de cães acontecem porque os nossos peludos não sabem o que esperamos deles). Após algumas sessões de treinamento, e, se você conseguir evitar os comportamentos “ameaçadores”, o xixi no chão deve acabar!

Incontinência Urinária

Urinar por excitação ou por submissão são comportamentos involuntários, mas que acontecem em cães que têm controle normal sobre as suas funções fisiológicas. Diferente é o caso do cão que sofre de incontinência urinária, uma condição médica que faz com que o animal não consiga mais “segurar” a urina.

Cães com incontinência urinária podem fazer xixi enquanto dormem, ou então, podem deixar pingar gotinhas de urina pela casa enquanto caminham, sem que haja um fator desencadeante (alto nível excitação, medo, estresse). Este problema é mais comum em fêmeas castradas, embora possa também afetar machos e fêmeas não castradas. Caso o seu cão ou cadela esteja com dificuldade para controlar a urina, leia o nosso artigo sobre incontinência urinária: Xixi na Cama?

Autora: Bárbara Gomiero

Formada em Medicina Veterinária pela UFPR em 2006, especialista em Clínica de Pequenos Animais. Apaixonada por cães, tem um amor especial pelos cães idosos, e trabalha para levar conhecimento e informação aos seus tutores, para que esses sejam capazes de proporcionar uma excelente qualidade de vida nessa fase tão delicada de seus cãezinhos.