Por que ele não come?

Tudo parecia bem, mas, de repente, ele parou de comer. Passou um dia, dois, e o potinho de comida continua intocado. Será que tem um remedinho para resolver?

Uma das queixas mais comuns nas clínicas veterinárias é “o meu cão não come”. As vezes, este parece ser o único problema do animal. Será que isso é normal? meu cachorro decidiu fazer dieta? está protestando? ou será que está doente?

Nós podemos começar a investigar o porquê disso, partindo de três perguntas:

  1. O cachorro consegue encontrar a comida?

Pode parecer estranho, mas as vezes este é o problema todo. Se o animal está num ambiente novo, se ele for cego, e/ou estiver com problemas de olfato, pode ser que ele simplesmente não esteja encontrando o seu alimento. Fácil resolver, né? é só mostrar para ele…

Cuidado ao alimentar cães cegos: se você tentar dar comida na boca, a depender do quão afoito é o seu cão, ele poderá acidentalmente morder a sua mão. O ideal é guiá-lo com sons para o seu potinho, batendo a mão no pote, ou batendo o pote no chão para fazer barulho.

cão comendo na mão

  1. Houve alguma alteração na rotina?

Pequenas ou grandes alterações na rotina de um cão podem significativamente afetar o seu apetite. que tipos de alterações?

  • Mudança de casa;

  • Chegada de um novo animal ou humano na família;

  • Morte ou saída de algum animal ou humano da família;

  • Mudança de ração ou tipo de alimentação (talvez ele simplesmente não goste!)

  1. Ele demonstra interesse em se alimentar?

  • Sim – O cão tenta comer, mas não consegue, pega a comida e larga, parece frustrado. Pode haver algo na boca dele que esteja atrapalhando. Ele pode estar com dor de dente, pode ter algum objeto estranho dentro da boca (um pedaço de um galho ou de osso, um caco de vidro), uma fratura, um tumor, ou problemas musculares ou neurológicos. Logicamente, comece pelas hipóteses mais simples! Se for algo bem óbvio, como algum objeto dentro da boca que você consiga retirar com segurança e facilidade, então faça isso. Caso contrário, leve ao veterinário.

  • Não –  O cão nem tenta comer. No máximo, cheira o alimento, e logo se afasta. Ele pode estar doente… Dor, vômito, diarreia, tosse e dificuldade para respirar são todos sinais de doenças que podem fazer com que o animal deixe de se alimentar (anorexia). Ainda que a anorexia seja o único sinal aparente, o seu cão provavelmente já está se sentindo mal e você deve levá-lo ao veterinário. Caso o exame clínico não seja suficiente para concluir o porquê do problema, o seu vet poderá pedir exames de sangue, de urina, de fezes ou outros que julgar necessários.

 

cão olhando o pote - não come

Imagem: Youtube

Pronto! Agora você já sabe por que o seu cãozinho parou de comer… E já sabe o que fazer?

No primeiro caso (cão não encontra a comida), é muito fácil, né? é só mostrar para ele. No segundo caso (alterações na rotina), é só dar um tempo para o seu cãozinho se adaptar. Se o problema for a nova alimentação do seu cão, pode ser que ele simplesmente não goste. Neste caso, se for possível, volte para a dieta anterior ou teste ainda uma nova ração/alimentação. Já se o seu cão estiver recebendo uma ração especial por conta de alguma doença (insuficiência cardíaca, insuficiência renal, etc.), então converse com o seu veterinário sobre alternativas: pode haver outra marca de ração que também possa ser usada, ou então, o seu vet pode prescrever um cardápio de comida caseira para ele.

Por fim, se o seu cão sabe onde está a comida, e não houve mudanças na sua rotina, então leve-o ao veterinário. Não tem “remedinho” para resolver a falta de apetite em cães, já que o animal só voltará a comer quando você souber exatamente  porque ele parou de comer e resolver este problema.

Autora: Bárbara Gomiero

Formada em Medicina Veterinária pela UFPR em 2006, especialista em Clínica de Pequenos Animais. Apaixonada por cães, tem um amor especial pelos cães idosos, e trabalha para levar conhecimento e informação aos seus tutores, para que esses sejam capazes de proporcionar uma excelente qualidade de vida nessa fase tão delicada de seus cãezinhos.