Cachorro Pode Comer Feijão?

É quase senso comum o fato de os cães não poderem comer feijão… Mas será mesmo que este alimento é proibido para eles? Por quê?

Por Que Dizem Que Cachorro Não Pode Comer Feijão?

Existem três motivos principais que explicam o porquê desta crença generalizada, inclusive entre veterinários:

  1. Os temperos comumente usados para o preparo do feijão – com destaque para o alho e a cebola – são tóxicos para cachorros. Isso que significa que mesmo pequenas quantidades de feijão temperado podem de fato fazer mal para eles.
  2. Os feijões podem dar gases se não forem corretamente preparados.
  3. O feijão cru possui um fator antinutricional chamado “lectina”, que pode causar náusea, vômito, diarreia, e até a morte, a depender da quantidade ingerida (isso vale também para humanos).

A verdade é que todos estes problemas podem ser facilmente evitados. Como? É preciso saber, em primeiro lugar, que o feijão deve ser preparado exclusivamente para o cachorro, sem temperos. Você deve prepará-lo apenas com água e um pouquinho de sal, ou até mesmo sem sal, se o cão tiver alguma restrição.

Em relação aos gases, também podemos evitá-los se os feijões forem deixados de molho na noite anterior. Mas não basta deixar de molho: é preciso descartar a água do molho, enxaguar o feijão, e então colocá-lo para cozinhar com água limpa e fresca. Caso contrário, há uma boa probabilidade de que o bichinho tenha, sim, problemas com gases depois da refeição.

Para um melhor aproveitamento dos nutrientes, amasse o feijão antes de fornecê-lo ao seu cão.

Por fim, em relação à lectina, basta saber que ela é destruída durante o cozimento. Um feijão bem cozido, portanto, é seguro para humanos e cães. Apenas o feijão verde pode ser fornecido cru, pois contém uma quantidade muito menor de lectina – mas, se estiver inseguro, pode cozinhar o feijão verde também!

O Feijão Pode Trazer Benefícios Ao Meu Cachorro?

Sim! O feijão é rico em vitaminas e proteínas, sendo um ótimo complemento à sua dieta. Veja as propriedades do feijão:

  • Antioxidante;
  • Previne constipação (cuidado – em excesso, pode causar diarreia);
  • Rico em fibras que controlam níveis de açúcar no sangue – ótimo para diabéticos;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Rico em vitaminas e proteínas;

Os “Sins” e os “Nãos” do Feijão

  • Sim – o feijão é muito nutritivo;
  • Sim –  o feijão é rico em proteínas;
  • Sim –  o feijão contém fibras que ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue de animais diabéticos;
  • Sim – cachorros podem comer feijão!
  • Não – Apesar de ser rico em proteínas, o feijão não deve substituir a proteína de origem animal (carne, frango, ovo, peixe… ) da dieta do cão.
  • Não –  à exceção do feijão verde, o seu cão não pode comer feijões crus;
  • Não – o feijão que o cachorro for comer não deve ser temperado com alho, cebola, ou pimentas;
  • Não – o feijão enlatado não é recomendado;
  • Não –  você não pode dar para o cachorro o resto do feijão que preparou para a sua família;

Resumindo…

Você pode dar feijão para o seu cachorro, como um petisco ou complemento à alimentação. Saboroso e nutritivo, o feijão será muito benéfico para ele, desde que preparado corretamente.

Autora: Bárbara Gomiero

Formada em Medicina Veterinária pela UFPR em 2006, especialista em Clínica de Pequenos Animais. Apaixonada por cães, tem um amor especial pelos cães idosos, e trabalha para levar conhecimento e informação aos seus tutores, para que esses sejam capazes de proporcionar uma excelente qualidade de vida nessa fase tão delicada de seus cãezinhos.

Comments are closed