março 17

Verrugas! Tem que tirar?

73  comENTÁRIOS

À medida que os cães envelhecem, podem começar a aparecer “bolinhas” e “caroços” na pele deles. Uma queixa comum são as verrugas.

Papilomatose x Adenoma Sebáceo

As verrugas em cães são causadas por um vírus, chamado “papilomavírus canino”. Acredita-se que todos os cães já foram, ou serão expostos a este vírus, mas ele apenas se manifesta naqueles cuja imunidade não esteja 100% – ou seja, filhotes, idosos, e indivíduos imunodeprimidos (com doenças que diminuem a imunidade, como câncer, ou pacientes em tratamento com corticoides, por exemplo).

Em filhotes, as lesões geralmente aparecem na boca, e, eventualmente, na região dos olhos. As verrugas são lesões carnosas, com aparência de couve-flor, e passam de um cão para o outro por contato direto – através de lambidas, na maioria das vezes. Os papilomas (verrugas) regridem espontaneamente após alguns meses, mas pode ser necessário tratamento em casos mais extremos.

Boca de cão com papiloma (verrugas)
Papilomas em cão. Imagem: Dermatology Clinic for Animals

Os cães idosos têm um sistema imune naturalmente mais deprimido, e também com frequência têm doenças, ou são submetidos a tratamentos que deprimem ainda mais a sua imunidade. Nestes animais, as verrugas podem aparecer em qualquer lugar do corpo, mas os lugares mais atingidos são ao redor dos dedos e no abdome. Elas crescem devagar, e podem ser únicas ou várias, e podem acumular em uma área só ou se espalhar pelo corpo.

Uma condição que muitas vezes é confundida com a papilomatose (verrugas!) é o adenoma sebáceo. Este é um tipo de tumor benigno que aparece em cães idosos, e que é muito parecido com as verrugas causadas pelo papilomavírus. Assim como ocorre com os papilomas, pode haver uma única lesão ou várias espalhadas pelo corpo. Com frequência, apenas é possível diferenciar das verrugas causadas pelo vírus quando a lesão é removida e analisada (biópsia).

adenoma sebáceo em cão
Adenomas sebáceos em cão. Imagem: Dermatology for Animals

Tratamento

Tanto as verrugas quanto os adenomas sebáceos são benignos, e geralmente incomodam mais os tutores do que os próprios pacientes. O tratamento é recomendado se, por seu tamanho ou localização, as lesões estiverem incomodando o cão, ou, no caso de cães de pêlo longo, se houver risco de machucar durante a tosa. Outra recomendação para o tratamento é se a lesão parecer crescer rápido demais, ou se estiver sangrando e/ou ulcerando: o adenoma sebáceo é benigno, mas pode se transformar em um adenocarcinoma, que é maligno (câncer).

Existem alguns tratamentos medicamentosos para a papilomatose, mas estes as vezes são ineficazes. Na maioria das vezes, tanto para o adenoma sebáceo quanto para as verrugas, o tratamento indicado é a remoção cirúrgica. Observamos, entretanto, que mesmo após a remoção cirúrgica as lesões poderão voltar no mesmo ou em outro lugar – por isso só é indicado operar mesmo se estiver incomodando o cão ou se houver risco de malignidade.

Convivendo com as verrugas

Como já dissemos, o tratamento das verrugas ou dos adenomas nem sempre funciona como esperado, e também não é necessário na maioria dos casos. Então, o que fazer para conviver melhor com as “bolinhas” do seu cão?

  • Higiene: algumas lesões podem secretar líquidos, e o próprio formato delas facilita o crescimento de bactérias. Dê banhos regulares no seu cão, cuidando para limpar bem as verruguinhas mas sem feri-las. Pode ser indicado usar sabonetes antibacterianos;

  • Tosa: se o seu cão precisa ser tosado, peça ao tosador para utilizar uma tesoura ao invés da máquina de tosa. Assim, tem menos risco de machucar alguma lesão, e, por manter os pelos um pouco mais compridos, as “bolinhas” ficam mais escondidas. Para cães como poodles e lhasas, a tosa com tesoura fica linda e disfarça eventuais falhas que possam ter sido causadas pelas lesões.

  • Óleo de rícino pode ser aplicado sobre as lesões para mantê-las hidratadas, diminuindo a irritação e coceira.

  • Preste atenção: já mencionamos acima, mas vale repetir. As verrugas e os adenomas sebáceos são benignos, mas os adenomas podem se tornar malignos. Um sinal de que isto está acontecendo é se o crescimento de alguma lesão é rápido demais, ou se começar a sangrar sem motivo aparente ou ulcerar. Se estiver em dúvida, peça ao seu veterinário para examinar e, se for o caso, retirar.

Tem como prevenir?

O papilomavírus é um vírus com o qual, como já dissemos acima, a maioria dos cães adultos já teve contato, e que apenas se manifesta em animais com sistema imune mais fraco; assim, as verrugas funcionam como um sinal de que o cão está com a imunidade baixa. Uma dieta saudável e cuidados gerais com saúde e higiene podem ajudar a prevenir o problema, apesar de não garantir que ele não aparecerá.

A papilomatose também já foi associada ao excesso de vacinações. Enfatizamos que é essencial manter o seu cão vacinado, porém, com o passar dos anos, pode não ser mais necessário repetir todas as vacinas todos os anos (afinal, os cães idosos já receberam várias doses de vacinas ao longo da vida). Pergunte ao seu veterinário se, para o caso do seu velhinho, as vacinas ainda precisam ser administradas anualmente ou se o intervalo entre uma dose e outra pode ser maior.

Já os adenomas sebáceos não têm uma causa conhecida, por isso a prevenção é um pouco difícil. Alguns fatores de risco já foram identificados, como, por exemplo, muita exposição ao sol (especialmente em cães brancos ou de pelagens claras), e disfunções hormonais.

Conheça o Curso de Cuidados com Cães Idosos da Dra. Bárbara Gomiero:
https://www.meucaovelhinho.com.br/curso-de-cuidados-com-caes-idosos/


Você também pode gostar:

    1. Conforme o temperamento do cão, a simples remoção das verrugas pode ser feita apenas com anestesia local e sedação, não sendo necessária anestesia geral.
      Mas o risco de uma cirurgia não está ligado tanto à idade do animal, quanto ao seu estado geral de saúde. Desta forma, é possível um cão idoso reagir melhor a uma anestesia do que um filhote ou adulto jovem. O melhor modo de descobrirmos se um cão está apto ou não a ser operado é pela avaliação pré-operatória. Saiba mais neste artigo: https://www.meucaovelhinho.com.br/artigos/saude/cuidados-que-voce-deve-tomar-antes-de-operar-o-seu-cao-velhinho/

  1. Olá doutora, minha filhota está com
    Uma verruga próximo do nariz, ela começo rosada e agora está bem escura e parece ter pelinhos, no começo achei que fosse uma verruga mesmo, mas agora estou desconfiada que pode ser algo diferente, ela é muito diferente dos papilomas que vi nas imagens e não tem formato de couve flor, é meio redondo mas irregular. O que poderia ser?

    1. Olá, Luzia!
      Leve ao seu veterinário para que ele possa examinar. Uma hipótese é que ela tenha um TVT (tumor venéreo transmissível), mas poderia ser apenas um lipoma ou outro tipo de lesão de pele. Só mesmo o profissional que examinar a sua cachorrinha poderá fazer um diagnóstico preciso.
      Melhoras para ela!
      Um abraço

  2. Bom dia Dra Bárbara! Meu filho canino está com 10a é uma misturinha linda de Golden com border e ele está com diversos carocinhos no pescoço na bochechinha e atrás das orelhas, vim procurar informações no seu site pois achei q eram verrugas, mas a aparência não é igual ?. Parece interno… Parece quelóide… Ele é lindo e saudável, a Dra acha q é algo q eu deva me preocupar?

    1. Olá, Adriana! Talvez sejam apenas lipomas, mas é interessante pedir ao seu veterinário para examinar estas lesões. Só mesmo examinando será possível saber com maior precisão o que ele tem.

  3. Olá Dra. O meu cachorro de 12 anos tem verrugas nas partes íntimas desde aos 6 anos e agora ele tá comendo soq não tá mais gordinho como antes e as verrugas nas partes íntimas estão estourando e machucando ele tô achando que é câncer mas não sei oq vc acha q e?

    1. Olá, Helena! É possível que isso seja um TVT (tumor venéreo transmissível), ou algum outro tipo de lesão – como outro tipo de tumor, infecção, etc. Só mesmo o profissional que examinar o seu cão poderá fazer um diagnóstico com precisão – leve-o ao veterinário 😉

  4. Ola!
    Dra,Boa Tarde
    Tenho poodle 12 anos ela te 2 ou 3 verruguinhas nas costas e toda vez no banho tosa e pasado maquina sobre elas,ok
    Me diga uma coisa e contra indicado passar Duofilm (acido salicilico) gotas nelas para a remoção lentamente?
    Obrigado
    Feliz Natal

  5. Boa noite doutora! Perdi minha poodle toy com 12 anos e meio há 2 dias, uma dor inexplicável. Eu e minha família estamos sofrendo muito. Após alguns dias do último cio ela começou a sangrar muito durante uns 3 dias, se lambendo muito, levamos na vet e falou que tinha que operar as pressas, pois estava com problema no útero. Fizemos diversos exames e levamos em outra vet, que detectou um tumor na mama e piometra. Porém minha cachorra era cardiopata, a vet falou que precisava operar as pressas por conta da piometra, porém a cachorra estava bem, brincando, comendo menos, mais comia, pulando, ela estava aparentemente bem. A vet falou que seria anestesia inalatória e que pelo tamanho e peso de 2kg iria apenas fazer a piometra e nao ia retirar o tumor pq ela nao aguentaria, por fim resolveu tirar, pois falou q a cirurgia estava um sucesso, disse que estava com dois tumores na mama e tirou, fez um corte absurdo, de ponta ponta, a cachorra acordou e reagiu bem logo apos a cirurgia levantou e até abanou o rabo, porém após quase 3 horas teve uma parada cardiaca e foi reanimada, logo após teve outra e nao resistiu. Preciso saber a sua opinião, se fizesse só a piometra sem a retirada das mamas poderia ter sobrevivido? nao entendo se ela acordou bem qual motivo da parada cardiaca? muito uso de anestesia? Me sinto culpada por ter operado, pois ela estava aparentemente bem. Esta sendo muito dificil conviver sem ela.

    1. Olá, Carolina! Não se sinta culpada por tê-la operado… a cirurgia é sempre a melhor opção para os casos de piometra.

      É difícil afirmar, sem uma investigação mais aprofundada, qual teria sido de fato a causa da morte da sua cachorrinha.

      O que posso dizer é que a piometra é uma infecção bem séria, e com alto risco de complicações inclusive no pós-cirúrgico – ou seja, mesmo cadelas que sobrevivem à cirurgia podem ter problemas depois, como, por exemplo, insuficiência renal aguda ou infecção generalizada causadas pela própria piometra. Sugiro que leia este artigo: https://www.meucaovelhinho.com.br/artigos/saude/endocrinologia/piometra-em-cadelas/

      Em caso de dúvidas em relação à causa da morte do cão, o ideal é fazer uma necropsia – porém, considerando que já se passaram alguns dias, suponho que vocês já tenham enterrado ou cremado o corpinho dela.

      Sinto muito pela sua perda… Que Deus te dê força neste momento difícil, e abençoe a sua linda estrelinha <3

    2. Não se sinta culpada por operar e sim por não ter castrado sua cachorrinha quando nova. Castração anula o risco de piometra e evita em grande porcentagem os tumores de mama. Sinto muito por ela ter partido. 🙁

  6. Bom dia Dra. Bárbara. Tenho um cão da raça cocker spaniel (não é puro, tem mistura com poodle) com 13 anos. Ele apresentou algumas verrugas pequenas pelo corpo nos últimos anos, mas nada demais. Porém, uma que apareceu ultimamente na orelha me preocupa um pouco. Era pequena mas estourou uma vez e desapareceu, Depois ela voltou maior, se multiplicou. Agora ela estourou novamente e tem um odor forte. Como devo proceder nesse caso?

    1. Olá, Márcio! É preciso levá-lo ao veterinário para examinar.
      A maioria das verrugas não requer tratamento, exceto em casos como este – em que ocorre sangramentos, ou que, por sua localização, causa incômodo ao cão.
      Por estar na orelha, é possível que seja um procedimento mais delicado, mas é preciso que o seu veterinário avalie quanto à possibilidade de operar. Outro fator importante é que os Cockers têm uma grande tendência a infecções de ouvido, por isso, considerando o odor que você menciona, é bem provável que o seu cão esteja com uma infecção que precisa ser tratada.
      Melhoras para ele!

    1. Olá, Sonia!
      Infelizmente, não tenho outra recomendação a fazer que não seja levar o seu cão ao veterinário.
      As verrugas ou papilomas normalmente são benignos e não requerem tratamento, EXCETO em casos como o do seu cão, em que ficam localizados em lugares sensíveis, se sangram, ou se causam dor ou incômodo ao animal. Na maioria dos casos, o tratamento é cirúrgico.
      Melhoras para ele!

  7. Olá!
    Meu cachorrinho é um Basset de15 anos. Surgiu uma verruga mais escura próximo ao saco escrotal, consultei o médico veterinário e ele me informou que precisaria fazer uma raspagem para verificar se a verruga é maligna, porém é necessário anestesia geral, segundo ele, demonstrando receio pela idade do meu cãozinho e disse para evitar mexer. Só que devido onde está localizada, está atritando, e se caso vier a romper ou abrir? Fico com receio de mexer e piorar ainda mais.

    1. Olá, Tayulli! Se a verruga está num lugar onde sofre atrito e/ou corre o risco de machucar, então provavelmente será o caso de retirar mesmo. Se ficar ferindo a verruga o tempo todo, mesmo que seja inicialmente benigna, corre o risco de se tornar maligna – além do desconforto para o cão.

      Em muitos casos, este procedimento é bem simples e rápido, e pode ser feito com anestesia local, sendo que, conforme o caso, o cão pode ser sedado para facilitar a manipulação. Se estiver com dúvida, dê uma olhada neste artigo: https://www.meucaovelhinho.com.br/artigos/saude/cuidados-que-voce-deve-tomar-antes-de-operar-o-seu-cao-velhinho/

      Um abraço!

  8. Mto obrigada pela matéria! Esclarecedora! O meu nem liga para as “berebinhas”. Senhorzinho poodle de 15 anos bem ativo. Ele nao coça.. nao lambe…ignora. Sou eu a mais encanada! Abs

    1. Disponha! 😉
      Só recomendo que converse com o seu veterinário para ter certeza de que são verruguinhas mesmo. Mas, se forem, e ele não estiver incomodado, pode ficar tranquila!
      Abs!

  9. Queria saber se existe risco de transmissão pros humanos, no caso das verruguinhas? Minha poodle deu algumas dessas bolinhas, ela é bem velhinha, mas não queria ter de diminuir o contato como colocar ela no colo e afins, pois ela gosta muito e eu também. Abraços!

    1. Olá! pode ficar tranquila! Tenho um senhorzinho de 15 anos e ele tem varias (qdo faz arte chamo de sr. berebinha!) mas esta saudável e e pelagem bonita. Faço corte com tesoura. Não passa para humanos…ele tem há alguns anos…eu seria corberta! Fique tranquila e continue dando amor a sua peludinha!!! abs
      ps. ele nao coça…nem liga para a existência delas. Evite após banho deixar o pet por perfume se ela for alérgica para não coçar. abs2

  10. Olá meuu cãozinho tem 12 anos é poodle , ele tem ums 3 verruguinhas 1 delas é próximo a orelha as vezes cria casquinha preta mas logo sai e ela fica vermelhinha é como se ele coçasse criace a casca e depois ela voltasse ao normal , a senhora acha que eu deveria me preocupar ele nao sente dor . Mas preciso fazer um cheke-up nele né Dra???

  11. Olá, meu poodle está com 14 anos e a +/- um ano atrás apareceu uma verruga que foi crescendo até paracer um tumor, o veterinário em seu entender deduziu que era somente uma verruga mesmo, mas se não diminuisse ou se houvesse sangramento então poderia nescessitar de cirurgia, me disse ele que não tinha muito o que fazer além de passar dermotrat para aliviar algum incomodo, mas daí resolvi pesquisar e descobri que havia duas coisas que eu podia fazer e o fiz, primeiramente descobri que o própolis SEM ALCOOL poderia ajudar nos casos de verrugas, acnes e até espinhas tanto em humanos quanto em nossos pets, desde então comecei a aplicar na referida verruga ( que parecia um tumor) e em menos de um mês a verruga regrediu e sumiu completamente, e também em minha pesquisa descobri que a grama de trigo se consumida pelos pets ajuda a evitar o surgimento de novas verrugas em cães idosos, então comecei a cultivar a grama e oferecer a ele que vem consumindo a mais de um ano, não evitou o aparecimento de novas verrugas mas pelo menos não apareceu nenhuma que ficou grande e nem com aparecência de tumor, não sei se estes dois procedimentos farão o mesmo efeito com o pet de vocês mas mesmo assim resolvi compartilhar estas experiências com vocês.

  12. Minha cadela tem cerca de 6 anos e meio e está com uma verruga na pálpebra superior, as vezes eu acho que diminui e as vezes que aumenta, muito pouco, mas percebo.

    1. Olá, Dany!
      Se a verruga está na pálpebra, pode ser interessante removê-la, para que não corra o risco de causar problemas ao olho dela. Leve ao veterinário para fazer uma avaliação 😉
      Um abraço!

  13. minha poodle ( tem mais ou menos 10 anos) esta com verrugas assim ao longo do corpo e com uma grande no pescoço. fico preocupada se não é cancer. alem do mais ela coça e quando o sangue seca a regiao fica preta de sangue.

    1. Bom dia. Fernanda! Num caso como esse, é recomendável retirar e examinar pelo menos essa verruga que está causando incômodo.
      A princípio,as verrugas são benignas, mas é preciso você se certificar de que realmente sejam verrugas. Outro problema é que, se ficar machucando muito, além de incomodar o cão, a verruga pode acabar se tornando maligna.
      Um abraço!

  14. Oi Boa Tarde!! A uma semana apareceu uma verruga preta no lábio superior da minha cadelinha, ela é pretinha e a verruga é preta nesse caso é normal a verruga ser preta?

    1. A cor da verruga em si não é tão importante… até por ela estar no lábio superior, é possível que ela seja escura porque os lábios dos cães normalmente são pretos. Mas o fato de estar na boca, sim, indica que você deve dar atenção a essa lesão, pois ela pode causar incômodos, e pode ser também que surjam outras verrugas dentro da boca.
      Recomendo que leve ao veterinário para examinar e se certificar de que é mesmo uma verruga, e se há necessidade de remover cirurgicamente ou não.

  15. Meu maltes tem 7 meses e apareceu perto do fucinho dele. Ele não sai na rua e quando sai e no colo. Ele fica muito em cima do muro olhando a rua, acredito q deve ter pego algo por lá.

    1. André, leve ao vet para ver se é verruga mesmo ou se é outra coisa. Sendo um filhote, para ter verrugas, ele deve estar com a imunidade muito baixa. Também poderia ser um TVT (tumor venéreo transmissível), transmitido pela mãe. Você conhece a origem do seu cão? ele foi comprado de um criador conhecido? adotado?
      Existem outras possibilidades ainda, mas, seja como for, é importante levá-lo ao vet para fazer um diagnóstico correto e definir um tratamento.

  16. Olá, boa tarde. A minha cachorrinha está com 9 anos de idade e apareceu uma verruga pequena preta próxima ao olho esquerdo, podendo vir a prejudicar sua visão. A verruga está aumentando de tamanho e dá para notar que é algo superficial. A questão é que gostaria de remover a verruga sem a necessidade de um procedimento cirúrgico mais complexo, ou seja, que exija aplicação de anestesia. Não acho aconselhável o uso de anestesia por conta da idade dela. O que devo fazer?

    1. Olá, Débora!
      Se esta verruga está incomodando, ou se tem a possibilidade de afetar a visão da sua cadela, então possivelmente será o caso de retirá-la mesmo.

      A remoção de pequenas lesões de pele muitas vezes pode ser feita com o animal apenas sob sedação, e com anestesia local. Mas, dependendo do quão próxima esta verruga estiver do olho dela, do tamanho da lesão, do temperamento dela, e de alguns outros fatores, a anestesia geral pode ser necessária. Só mesmo levando ao vet para saber qual será o caso…

      Sobre o risco do procedimento, o que posso dizer é o seguinte: idade não é doença, e não se deve considerar um cão como “inapto” a ser operado com base unicamente neste critério. Toda cirurgia tem risco, sim, mas isso vale para animais E humanos de qualquer idade. O que podemos fazer é minimizar os riscos, fazendo uma boa avaliação pré-operatória. Tenho um artigo todo dedicado a este seu dilema, recomendo a leitura: https://www.meucaovelhinho.com.br/artigos/saude/cuidados-que-voce-deve-tomar-antes-de-operar-o-seu-cao-velhinho/

      Espero ter ajudado. Um abraço!

  17. Obrigada, matéria muito esclarecedora, meu Snoopinho tem 14 anos mas parece um filhote, mas infelizmente está aparecendo verruguinhas pelo corpinho dele.

  18. então……meu fox-ziho tem 14 aninhos e está surdo …caduquinho, e tá nascendo verrugas pelo corpo ( contei 6 verrugas) …..devo sacrificar êle ????………………brincadeira….kkkkk eu amo muito/muito meu cãozinho ….!!!sobre a surdez, já consultei e tratamos …!!!

  19. meu cachorro é um coques pen de 6 anos. e tem uma verruga escura. um veterinario disse q é preciso fazer uma raspagem p arrancar. mas tenho medo de machucar ele. oq vc acha?

    1. Olá, Milena!

      Se for necessário remover uma verruga, então deve ser feito um procedimento cirúrgico para isso. O cão deve ser submetido a uma anestesia geral, ou então, a uma sedação com anestesia local, se for apenas uma pequena lesão. Assim como qualquer cirurgia, existem cuidados pós-operatórios, mas normalmente a recuperação é tranquila e indolor.

  20. o meu cachorro e um pug e apareceu uma bolinha e percebi q ele nao sente dor mais reparei que esta crescendo verruga cresce dr ??

  21. Artigo excelente, apareceu uma verruguinha no meu Chow Chow de 6 anos, vou chamar um veterinário pra analisar o caso dele, bjs pra vcs!!

  22. Olá Dra., bom dia…. minha poodle tem 11 anos e apareceram algumas verruguinhas em locais diferentes pelo corpo…. qual remédio vc indica para passar? Obrigado!

    1. Olá, Luiz!
      A prescrição deve ser feita pelo seu médico veterinário. Devo alertar, entretanto, que as vezes estes medicamentos podem não funcionar, e que as verrugas podem voltar. Caso alguma verruga esteja causando incômodo, ela pode ser removida cirurgicamente; caso contrário, é possível conviver com elas sem maiores problemas.

  23. Ola, essas verrugas pode passar para os humanos??
    Minha cachorrinha tem 12 anos e possui algumas verrugas pelo corpo, e uma bem grande dentro da orelha, com um pouco de secreção!

    Obrigada!

    1. Olá, Nahi!
      Não, as verrugas dos cães não passam para humanos. Em relação à verruga da orelha, pode ser bom levar para ser examinada. A maioria das verrugas ou dos adenomas sebáceos não causa prejuízo à saúde do cão e nem exige maiores tratamentos; mas, se estiver num local que incomode, ou se estiver sangrando, é indicado retirar.
      Um abraço!

    1. O adenoma em si não tem cheiro… mas ele pode soltar secreções, e estas secreções podem ser contaminadas por bactérias – e, neste caso, fica com cheiro sim. O ideal é manter a pele do cão sempre muito limpa (em muitos casos, com banhos semanais), para evitar infecções.

          1. Sim, ele tem uma verruga na orelha exatamente como a foto do artigo. Mas fico preocupada em passar alguma coisa para limpar sem recomendações.

          2. Você pode usar uma solução comum de limpeza para orelhas. Na área da verruga e ao redor dela, passe delicadamente um cotonete para remover secreções e sujeiras que estejam aderidas. Caso precise limpar o canal do ouvido, não coloque o cotonete lá dentro: prefira pingar um pouco da solução lá dentro, e então massageie o ouvido usando a própria orelha.

      1. Já consultei o veterinario dela, ele disse que ela é muito velhinha e que pode tirar e daqui 3 meses voltar. Passo oleo de ricino, as vezes ela fica boa, um tempão sem sangrar e depois volta. Tem alguma dica pra mim.

        1. Olá, Gislaine!
          Existem alguns medicamentos específicos para secar verrugas, que vocês podem tentar. Eles podem não funcionar em 100% dos casos, e também não impedem que elas voltem, mas é uma tentativa válida.

          Em relação à cirurgia, é preciso saber que “idade” não é doença, e o simples fato de ela ser idosa não a impede de ser operada. O que é preciso fazer, para saber se ela está apta a ser operada ou não, são os exames pré-operatórios. Através dos exames, vocês terão as informações de que precisam para tomar uma decisão segura. Tenho um artigo sobre o assunto: https://www.meucaovelhinho.com.br/artigos/saude/cuidados-que-voce-deve-tomar-antes-de-operar-o-seu-cao-velhinho/

Comments are closed.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}